Nova desembargadora do TRE-PB comenta sobre a importância do voto consciente do eleitor

A juíza Michelini de Oliveira Dantas Jatobá, titular da Vara de Entorpecentes da Capital, foi empossada esta semana como membro efetivo do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), defendendo a necessidade de mudança na legislação eleitoral e a participação responsável do eleitor para coibir o clientelismo, o fisiologismo, o patrimonialismo, as campanhas azeitadas com recursos escusos e outras mazelas processo eleitoral.

Segundo ela, o povo, que detém a vontade soberana, é o vetor e mola propulsora do processo eleitoral, que tem a capacidade de modificar a realidade social e econômica do País. A magistrada, que vai integrar a Corte na categoria de juiz de direito, durante o biênio 2017/2019, foi empossada pela presidente do TRE-PB, desembargadora Maria das Graças Morais Guedes, em sessão solene, prestigiada por várias autoridades, dentre elas o governador Ricardo Coutinho (PSB); o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), Joás de Brito Pereira; a vice-governadora Ligia Feliciano (PDT).

A nova integrante do TREPB disse que sua pretensão é fortalecer e colaborar, em todos os aspectos para o engrandecimento da Justiça Eleitoral. “A nós, membros do Judiciário Eleitoral, cabe muito mais do que vibializar a eleição, fazer a contagem de votos e proclamar o vencedor. Incumbe-nos, principalmente, manter estreita vigilância sobre todos os desvios dos candidatos e ocupantes de cargos eletivos”, declarou

PB Agora

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *