Já são três os deputados do PSB que divergem de Edvaldo Rosas e declaram defesa ao nome de RC para o Senado

Depois dos deputados Jeová Campos (PSB) e Ricardo Barbosa (PSB), agora foi a vez da deputada estadual Estela Bezerra, também do PSB, divergir da do posicionamento do presidente da sigla, Edvaldo Rosas, e declarar publicamente defesa ao nome do governador Ricardo Coutinho (PSB) para disputar o Senado Federal, nas eleições de 2018.

“Eu pessoalmente defendo, porque Ricardo é uma liderança política, extremamente importante na história da Paraíba, não apenas como gestor, até porque como gestor está comprovado. A gestão tem números orçamentários de execução, de estradas, de infraestrutura, de ampliação de serviços nas áreas da saúde, da educação, de qualidade de investimento na segurança pública. Mas Ricardo é, sobretudo, uma liderança que muda o paradigma, que muda a mentalidade da política local. Ricardo de fato instituiu uma coisa chamada de participação popular na definição do orçamento. Ricardo criou o pacto pelo desenvolvimento da Paraíba onde pediu para os municípios que melhorassem seus indicadores sociais, porque ele compreende que o Estado não se desenvolve se os municípios não se desenvolverem. Ele melhora a nossa imagem na política. Quando a gente pensa em política e pensa em Ricardo, a gente conclui que tem político bom. Existe político que faz aquilo que a política nasceu para fazer, que é trabalhar pelo interesse comum, que é fazer com que o orçamento renda benefícios à população”, disse.

Diferente da bancada socialista na Casa de Epitácio Pessoa, Rosas defende abertamente a permanência do governador no mandato, sem que seja necessária a desincompatibilização do cargo já em abril do ano que vem. Assim, Ricardo poderia permanecer no comando da administração estadual até dezembro de 2018 sem que fosse necessário “passar o bastão” para a vice governadora Lígia Feliciano (PDT).

“Eu sou da tese que ele permaneça no Governo. Eu defendo a permanência dele porque ele é a grande liderança na Paraíba que vai fortalecer o partido e fazer seu sucessor, fazer senadores, fazer deputados estaduais e federais e será um grande contribuidor dentro do governo. Eu defendo essa tese dentro do partido e vou continuar defendendo abertamente”, antecipou Rosas.

Recentemente, em entrevista ao portal PB Agora, o deputado Raoni Mendes chegou a lançar a chapa que classificou como sendo “dos sonhos”, com Gervásio Maia disputando o Governo da Paraíba e Efraim Morais (PSB) e Ricardo Coutinho (PSB) completando a chapa majoritária para o Senado Federal.

PB Agora

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *