Folha destaca que crise sangra mais o NE, mas ressalta que PB continua crescendo

A gente se horroriza de ver tantas pessoas largadas na degradação da miséria nas ruas do centro rico da cidade mais rica do Brasil, São Paulo. Não raro remexem o lixo à procura de comida ou de latas que lhes renderão centavos. Dormem nas calçadas geladas. Não lembrava de ver tantos faz bem mais de uma década. A referida opinião foi destaque neste domingo na Folha de São Paulo, onde destaca também que a PB, MA e RN estão de fora dessa decadência econômica registrada nos demais Estados.

Não devem ser as cenas mais lúgubres do país. Os três anos de recessão desgraçaram mais a vida de uma região bem mais pobre, o Nordeste, do que pouco se fala. Desde que a ruína começou, no início de 2014, o número de pessoas com algum tipo de trabalho diminuiu em cerca de 2,3 milhões no Brasil inteiro. Quase 69% dessa baixa de empregos ocorreu no Nordeste. Note-se que a região contava apenas com 24,5% da população ocupada em 2014. É desproporcional ao ponto da calamidade.

Do total dos rendimentos perdidos no país desde 2014, 46,5% se foram no Nordeste, que, no entanto, tinha apenas cerca de 16,6% da massa nacional de rendimentos do trabalho (contas baseadas na Pnad Contínua do IBGE). Os resultados do Nordeste continuam ruins se a comparação é feita com os dados de 2015 ou 2016, mesmo que a região acompanhe a despiora nacional recente.

Pelas contas do Boletim Regional do Banco Central, o PIB do Nordeste estagnava ainda em fevereiro (dado mais recente), quando o restante do país crescia, na comparação trimestral. As vendas no varejo encolhiam, no trimestre, subindo na média do país. A inflação é maior no Nordeste.

A queda dos PIBs das maiores economias da região, Bahia, Pernambuco e Ceará, foi da ordem de 5% em 2016, ante 3,6% da média nacional. Essa tristeza acontece de resto em Estados em que os rendimentos do trabalho equivalem, em geral, à metade da média daqueles de São Paulo, a cerca de R$ 1.400 por mês (a disparidade deve ser ainda maior, se considerados os rendimentos do capital, em geral subdeclarados).

No caso de quem faz bico, a situação é ainda pior. No Nordeste, a informalidade afeta quase 50% dos empregados (quem trabalha sem carteira, por conta própria e com a família, sem salário). No Sudeste, 33%.

A crise foi mais destrutiva em Pernambuco, onde se registrou a maior baixa nacional na massa de rendimentos do trabalho: perda de 17% em relação a 2014 (no Brasil, de 2,5%). Em seguida, nos próximos Alagoas e Sergipe, com perdas em torno de 9%. Depois, Bahia e Ceará, quase 6%, desgraça semelhante à do Rio de Janeiro. Paraíba, Rio Grande do Norte e Maranhão ficaram no azul ou quase.

Que praga se abateu sobre o Nordeste? Aqui é possível dar apenas pinceladas cinzas e grossas, pois se trata de quatro anos, de nove Estados, e os estudos são escassos. Houve cinco anos de seca, que abateu muito o Ceará. Houve o colapso de preços e produção de derivados de petróleo, que abalou a Bahia. A interrupção do desastroso projeto da refinaria Abreu e Lima e o colapso da indústria naval derrubaram Pernambuco, que ainda perdeu com a baixa produção de energia elétrica (seca) e de automóveis. A ruína da Petrobras e do investimento federal em obras, enfim, contribuíram para o desarranjo nordestino.

PB Agora com Folha de S. Paulo

Ricardo é convidado pela Energisa para participar do maior evento do setor de energia elétrica do país

O governador Ricardo Coutinho foi convidado oficialmente, nesta quarta-feira (5), para participar da abertura do IX Congresso de Inovação Tecnológica em Energia Elétrica (Citenel) e do V Seminário de Eficiência Energética no Setor Elétrico (Seenel), realizados em conjunto, bienalmente, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e organizado pela Energisa. O Citenel/Seenel tem como tema “Inovação e Integração: Respostas Locais para Barreiras Globais” e vai acontecer nos dias 2, 3 e 4 de agosto deste ano, no Centro de Convenções, em João Pessoa.

Participaram da reunião o diretor-presidente da Energisa, André Teobald, o diretor de operações da Energisa, Jairo Kennedy, os representantes institucionais da Energisa, José Aracoeli e Alana Ferreira, além do secretário da Educação, Aléssio Trindade, e o secretário executivo de energia e PAC, Robson Barbosa.

O Citenel/Seenel é considerado o mais importante encontro de Inovação, Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e Eficiência Energética do setor de energia elétrica do Brasil. “Quero muito ir a este evento importante que trará uma proposta de inovação e integração entre os setores ligados à energia elétrica. Vai ser um grande congresso no nosso Centro de Convenções que, além de gerar conhecimentos e parcerias, também irá aquecer o turismo e a economia da Paraíba”, observou o governador Ricardo Coutinho.

O evento vai contar com a participação das principais lideranças e instituições do segmento, abrangendo desde geradoras (hidrelétricas, termoelétricas, nuclear, eólica, solar entre outras), transmissoras, distribuidoras e comercializadoras de energia, a empresas de base tecnológica, indústrias, ESCOs (Energy Services Company), agências do setor, centros de pesquisa, certificadoras e universidades.

Nesta edição haverá, pela primeira vez, uma exposição de mais de 170 produtos que foram selecionados pela Aneel de várias distribuidoras do Brasil. Serão expostos equipamentos nas áreas de sustentabilidade, inovação, softwares, eficiência energética, entre outros. A exposição é aberta ao público para que os visitantes possam conhecer essas novas tecnologias.

De acordo com o diretor-presidente da Energisa, André Teobald, o evento é uma grande oportunidade de encontro com lideranças e instituições do setor, devendo reunir cerca de 1.400 participantes, além dos visitantes. “Este é um evento inédito na Paraíba e traz grandes nomes do segmento, inclusive pessoas de fora do país. O Citenel/Seenel é dedicado ao setor elétrico com o objetivo de discutir inovações, pesquisa e desenvolvimento na área. Vamos nesse encontro olhar para frente, ou seja, para o futuro do setor elétrico. A Energisa está muito satisfeita em organizar esta edição do evento e estamos muito felizes também porque ganhamos, este ano, o prêmio da Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica como a melhor distribuidora de energia elétrica do país. Então, isso é uma honra para a empresa e para a Paraíba. Espero que o governador possa prestigiar Citenel/Seenel. Será uma grande alegria”, pontuou.

Secom-PB

Lula chama Aguinaldo de traidor, elogia Ricardo e desafia Cavalcanti

Em entrevista no início da tarde desta quarta-feira (5), à Rede Arapuan de Rádios, no programa Rádio Verdade, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) rebateu as declarações do empresário Roberto Cavalcanti. “Esse cidadão falou muita bobagem essa semana. Quero ver se esse cidadão tem coragem para me entrevistar, meia hora no programa de comunicação dele, e falar as bobagens que falou. Um cidadão desse não merece meu respeito, nem foi eleito senador”, frisou o ex-presidente, que sinalizou com a possibilidade de processar Cavalcanti, que esta semana chamou Lula e a ex-presidente Dilma de “bandidos perigosíssimos”.

Durante a entrevista o ex-presidente Lula classificou de covardes, traidores, políticos que exerceram ministérios no governo de Dilma, a exemplo do deputado Aguinaldo Ribeiro, hoje líder do governo Temer na Câmara dos Deputados, e que apoiaram o “golpe” contra a ex-presidente.
Segundo Lula, Temer e o Aécio estão provando hoje do veneno que plantaram. “Eles estão colhendo tempestade porque eles plantaram ódio”, disse.
Elogios a Ricardo
O ex-presidente começou a entrevista saudando o governador Ricardo Coutinho, a quem classificou como uma pessoa “séria e extraordinária”.
Lula falou da importância da transposição das águas do São Francisco e lembrou a visita que fez recentemente a Monteiro, na inauguração popular da transposição.
“Logo, logo o governador vai anunciar o fim do racionamento em Campina grande”, disse Lula e pediu para Ricardo fazer uma grande festa quando forem concluídas as obras do Eixo Norte da Transposição, ocasião em que, garantiu, estará presente.
Crise
Ao comentar o processo de desastabilização que o país enfrenta, o ex-presidente disse acreditar que tem muita gente grande interessada em desestabilizar o Brasil, e que estariam por trás dos movimentos que levaram ao “golpe”, que culminou com o afastamento da presidente Dilma Roussef do governo. “Acho que tinha interesse americano que o Brasil não desse certo. A Europa e os Estados Unidos não suportam a soberania do Brasil”, afirmou.
Em tom de descontração, Lula disse que espera contar com o povo da Paraíba no ano que vem e disse que vem se exercitando por duas horas todos os dias – incluindo caminhada, musculação e corrida – para disputar: “Quem quiser disputar, tem que ter muito preparo físico e mental”. O petista declarou que gostaria de ter concluído duas obras: a Transposição e a Transnordestina para ligar todo o Nordeste com uma ferrovia: “Mas, ainda tenho fé em Deus e me considero novo aos 71 anos”.

Ao governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, Lula reservou fartos elogios: “Ricardo é uma pessoa que eu gosto muito e por quem tenho apreço extraordinário. Acho um dos políticos mais sérios desse país e ele deve ser motivo de orgulho para o povo da Paraíba. Tenho certeza de que estaremos juntos nas próximas lutas neste país”.

Parlamentopb

Deputados paraibanos seguem indefinidos e apenas 2 vão votar a favor de Michel

O jornal Folha de São Paulo resolveu realizar uma enquete com os deputados federais que devem aprovar ou não a denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB). Caso a denúncia seja aceita, Temer será afastado para ser julgado.

O presidente é acusado de corrupção passiva, pois segundo a denúncia da PGR (procuradoria- Geral da República), seria o destinatário de uma mala de R$ 500 mil de propina da JBS, além de promessa de outros R$ 38 milhões em vantagens indevidas.

A base governista na Câmara se esquiva e alguns até gostariam de declarar seu voto contra Temer, mas as indefinições seguem forte, na Paraíba não é diferente. Apenas dois parlamentares, dos 12 deputados federais do Estado estão declarando que vão salvar o presidente das denuncias e dois já disseram que vão aceitar a ação.

Hugo Motta e André Amaral se posicionam para barrar denúncia contra o presidente, outros cinco preferiram não responder, dois ainda não sabem como irão votar e apenas Pedro Cunha Lima (PSDB) e Luiz Couto (PT), declararam seu voto a favor da denúncia.

Os deputados Aguinaldo Ribeiro (PP), Damião Feliciano (PDT), Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), Wilson Filho (PTB) e Wellington Roberto não responderam sobre seus votos. Já Rômulo Gouveia (PSD) e Efraim Filho (DEM) ainda não sabem como irão votar na Câmara Federal.

Cabe à Casa dar ou não aval, com os votos de no mínimo 342 deputados, para que o STF possa aceitar a denúncia e abrir a ação penal.

PB Agora

Ayrone de Chumbão é eleito Presidente da Câmara de Pedro Régis para o segundo biênio

O Presidente da Câmara Municipal de Pedro Régis, Popinha de Leonidio (PSDB) realizou nesta quarta-feira (28) sessão extraordinária com o objetivo de realizar a Eleição da mesa diretora para o biênio 2019/2020. A chapa eleita da Mesa Diretora é encabeçada por Ayrone de Chumbão (PR), presidente; Gean Régis (DEM), como vice-presidente; 1º Secretário; Chiquinho Construções (AVANTE) e 2º Secretário; Florestan Abreu (PSDB). A posse acontecerá no dia 01.01.19.Compareceram os vereadores Ayrone de Chumbão, Gean Régis, Toinho do Conselho, Chiquinho Construções, Florestan Abreu e Zé Carlos vereador da oposição. Faltaram os vereadores Virgínio Ribeiro e Carlinhos.

O presidente Eleito agradeceu a confiança dos 07 companheiros vereadores que votaram nele para presidente e frisou que irá administrar a casa com muita responsabilidade e a Câmara estará sempre de portas abertas para a população Pedroregenses.

O Prefeito Baia e o Vice-Prefeito Chumbão estiveram participando da sessão.

Clique aqui e veja mais fotos.

Câmara de Jacaraú antecipa eleição da Mesa Diretora para o segundo biênio

Por sete votos a zero, o vereador Lico de Doro (PMDB), foi reeleito em sessão extraordinária neste sábado (24) Presidente da Câmara Municipal de Jacaraú, para o biênio 2019/2020. A chapa única da Mesa Diretora eleita e empossada antecipadamente para o biênio 2019-2020 tem como membros os vereadores: Lico de Doro (presidente); Véio André (vice-presidente); Peron Filho (1º secretário) e Gilson Duarte (2º secretário).
O presidente Reeleito agradeceu a confiança depositada nele pelos vereadores: Admilson Abreu, Gilson Duarte, Zezinho Manú, Gracinha, Véio André e Peron Filho. “Pretendo presidir para todos da melhor forma possível, vou  desenvolver uma administração com transparência e responsabilidade e espero contar com o apoio de todos os vereadores.”Frisou.
Não participaram da sessão os vereadores, Adelson Ângelo e França.
Após o resultado da eleição, foi realizado o juramento por parte dos eleitos e  empossados antecipamente.

Clique aqui e veja mais fotos