Ministro das Cidades se reúne com prefeitos paraibanos em CG na próxima segunda-feira

Ministro das Cidades se reúne com prefeitos paraibanos em CG na próxima segunda-feira

Em contato com o prefeito Romero Rodrigues, o senador licenciado Cássio Cunha Lima (PSDB) confirmou a agenda do ministro das Cidades, Bruno Araújo, em Campina Grande, na próxima segunda-feira, 31.

Em sua visita à Paraíba, o ministro promoverá uma reunião à tarde, na cidade, para a qual foram convidados todos os atuais prefeitos e os gestores eleitos para o quadriênio 2017/2020. O encontro será realizado no Complexo Aluízio Campos, no bairro do Ligeiro.

Leia mais

Professores denunciam atraso de salários e escolas fechadas em Curral de Cima

Professores denunciam atraso de salários e escolas fechadas em Curral de Cima

 Os professores de Curral de Cima encaminharam denúncia, junto ao Ministério Público Estadual, sobre atraso de salários, fechamento de escolas, falta de merenda, além de suspensão de transporte escolar. Eles pedem providências urgentes para que o ano letivo não seja perdido e que não se comprometa o próximo, além da garantia do paramento dos vencimentos.

“A situação está crítica em Curral de Cima. O atual prefeito quer inviabilizar a próxima gestão e vem massacrando trabalhadores da educação e estudantes por ter saído derrotado das urnas. Vamos procurar a Justiça pedindo bloqueio de recursos para garantir pagamento de salários”, disse o prefeito eleito, Totó Ribeiro (PSDB).
Leia mais

Governo perde 7 votos na aprovação da PEC 241; veja como cada deputado paraibano votou

Governo perde 7 votos na aprovação da PEC 241; veja como cada deputado paraibano votou

 Mesmo tendo repetido a aprovação com ampla maioria em plenário para aprovar a PEC 241/2016, que limita gastos da União por 20 anos, o governo Michel Temer perdeu sete votos na votação de ontem (25), em relação à votação em primeiro turno. Hoje, foram 359 votos a favor e 116 contra, com duas abstenções. No primeiro turno, foram 366 votos favoráveis a 111 contrários, com as mesmas duas abstenções. Dos deputados federais paraibanos somente os deputados Luiz Couto (PT) e Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), este que está licenciado não votaram favoráveis à proposta.

A chamada PEC do Teto de Gastos foi aprovada em segundo turno pela Câmara na noite desta terça-feira (25/10), por 359 votos a 116 Houve ainda duas abstenções. Na primeira votação, em 10 de outubro, o governo Temer tinha conseguido aprovar a proposta por 366 votos a 111 e duas abstenções. Para aprovar uma PEC na Casa, o governo precisava de 308 votos favoráveis.
Leia mais

Governo do Estado decreta ponto facultativo nesta sexta-feira

O Governo do Estado decretou ponto facultativo na próxima sexta-feira (28) por conta do Dia do Servidor Público Estadual. A portaria contempla tanto a administração direta quanto a indireta. Ficam preservados apenas os serviços essenciais.

A portaria, publicada no Diário Oficial do dia 21 de outubro, determina ainda que os veículos oficiais sejam recolhidos às suas repartições de origem ou ao Centro Administrativo após o término do expediente desta quinta-feira (27) e liberados uma hora antes do expediente da segunda-feira (31).

Qualquer liberação excepcional deve ser precedida de autorização do Gabinete Militar do Governador, excetuando-se ambulâncias, veículos de fiscalização da Secretaria de Estado da Receita, da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária, da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social, das Polícias Civil e Militar e do Gabinete Militar ou que estejam a serviço deste.

foto: Divulgação
Clickpb

Imprensa nacional prevê boicote dentro do PSDB ao nome de Cássio para presidir legenda a partir de 2017

Imprensa nacional prevê boicote dentro do PSDB ao nome de Cássio para presidir legenda a partir de 2017

 O PSDB Nacional atravessa uma fase de ebulição. Encrenca de Aécio Neves (MG) com a Lava Jato o distancia da rotina partidária. O vice-presidente Cássio Cunha Lima, líder da bancada tucana no Senado, que era o nome de Áecio para substitui-lo no comando nacional da sigla em 2017, foi descartado segundo traz hoje a coluna do jornalista Cláudio Humberto do portal Diário do Poder que aponta que tanto o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) como José Serra ministro das Relações Exteriores com intenção de entrar na briga pelo cargo.
Leia mais

Líder petista diz que mobilização contra a PEC 241 deve ser, além de virtual, real

Líder petista diz que mobilização contra a PEC 241 deve ser, além de virtual, real

 Está marcado para esta terça-feira, 25, a votação do segundo turno, na Câmara Federal, da PEC 241, que segundo o Governo Federal tem como objetivo reequilibrar as contas públicas, no entanto, irá promover o congelamento dos gastos públicos pelos próximos 20 anos na área de educação e saúde, além de interferir no reajuste do salário mínimo. Para o presidente estadual do PT da Paraíba, Professor Charliton, a mobilização da sociedade precisa ser forte e sem trégua.

“O que está para acontecer no Brasil é de uma gravidade sem tamanho, e que se concretizado, pode levar por terra conquistas que demoraram anos para se concretizarem, e que talvez só sejam recuperadas em uma próxima geração. Estão querendo retomar o desmonte da educação pública e da saúde, além de reduzir o ganho salarial do trabalhador”, alertou.
Leia mais

Ricardo Coutinho pedirá audiência a Temer para assegurar verbas à PB

Ricardo Coutinho pedirá audiência a Temer para assegurar verbas à PB

O governador Ricardo Coutinho (PSB) anunciou hoje que vai pedir audiência com o presidente Michel Temer (PMDB) para derrubar o rebaixamento que o Governo Federal impôs ao Estado e assegurar recursos para a realização de obras na Paraíba. A declaração de Ricardo foi feita durante o programa Fala, Governador, veiculado pela Rádio Tabajara.

 Após divulgação do relatório do Tesouro Nacional, que apontou diferença entre dados fornecidos pelos estados em relação ao endividamento, ao gasto com pessoal e ao déficit da previdência dos servidores locais, e, que especificamente a Paraíba teria deixado de fornecer informações sobre pertinentes aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o governador já tinha dito anteriormente que iria acionar a Justiça contra essa decisão do Tesouro pelo rebaixamento fiscal do Estado da Paraíba.

Leia mais